Após dois anos e sete meses à frente da 2ª Companhia da Polícia Militar de Palmas, capitão Guido Benjamin assumirá novas funções no 3º Batalhão, em Pato Branco, deixando o comando da unidade palmense.

Ao participar do programa Pauta Dinâmica da Rádio Club FM nesta semana, capitão Benjamin fez uma avaliação dos trabalhos da companhia sob o seu comando, pontuando os principais aspectos que estiveram no foco da sua gestão.

Destacou que o primeiro ponto foi a melhoria da infraestrutura da Companhia para o desenvolvimento das atividades da corporação, com a reforma e a ampliação de espaços.

Outra questão citada foi a estruturação de segurança no interior, com o sistema de monitoramento da área rural, iniciativa dos proprietários rurais de Palmas com o apoio e ação da Polícia Militar. A Área de Segurança Rural (ASR) foi uma ação pioneira no Estado e deverá ser formalizado através de uma associação, que será apresentada em cerimônia oficial na próxima segunda-feira (05), durante a solenidade de passagem de comando da 2ª Companhia.

Outro ponto destacado por capitão Benjamin foi o aumento de produtividade da corporação, que mesmo com reduções de efetivo, mantém a média de ações dos últimos anos.

Conforme levantamento estatísticos realizados pelo comandante, entre 01º de janeiro até a última segunda-feira, 29 de julho, foram registrados 4.496 boletins de ocorrência na área da 2ª Companhia, que abrange, além de Palmas, Coronel Domingos Soares, Clevelândia, Mangueirinha e Mariópolis.

Nesse período, foram 518 detenções, 94 apreensões de armas de 106 veículos recuperados. Salienta capitão Benjamin, que muitos desses números equiparam-se a registros de cidades muito maiores que Palmas, como Foz do Iguaçu, e que possuem uma estrutura policial igualmente maior.

Ouça a entrevista: