A ocorrência foi registrada na comunidade de Campo Alto, às margens da PRC 280, no município de Clevelândia. A Polícia Militar foi acionada por um homem que relatou estar impedido de realizar a colheita de sua lavoura pelo seu vizinho, por questões de disputa de terra, conforme consta de vários Boletins de Ocorrência.

Durante deslocamento pela rodovia, policiais visualizaram um homem com suspeita de estar armado. Ao realizar a abordagem, o mesmo não atacou as ordens policiais e disse que não entregaria a sua arma, já segurando-a pelo coldre. Na tentativa de imobilização, um dos cães que acompanhava o acusado mordeu o braço de um dos policiais. Seu colega de farda, também foi atacado na coxa direita, sendo necessário proceder disparo para afugentar os animais, ocasião que levou o suspeito a fazer menção de retirar o revólver do coldre e investir contra a integridade física da equipe.

Em resposta, o militar novamente mandou o indivíduo soltar a arma, porém não foi acatado, e, dada a iminência de uma possível reação por parte do abordado, um dos soldados efetuou um disparo próximo a região do quadril do agressor, possibilitando, dessa maneira, imobilizá-lo e, na sequência, efetuar sua prisão. De imediato, foi conduzido ao atendimento médico em Pato Branco. Em recuperação segue sob escolta. Foi recolhida também um revólver, 38, com cinco munições intactas.