Equipes de busca e salvamento do Copo de Bombeiros de Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná, seguem com as buscas no rio Marrecas, que corta a cidade, a procura de um veículo Monza e possivelmente duas pessoas que foram levadas pela correnteza na última sexta-feira (31). O carro teria caído na água na Rua São Pedro, no bairro Guanabara, por volta das 12h30.

Testemunhas informaram que três pessoas ocupavam o carro, porém a Polícia Civil registrou o desaparecimento de apenas uma, um senhor de 69 anos. As buscas tiveram início ainda na sexta-feira e seguem desde então. Num primeiro momento, as equipes utilizaram-se se barcos e Jet-ski, pois não havia possibilidade de mergulho por conta da força da correnteza e também da turbidez da água.

No dia do acidente o rio estava 4 metros acima do nível normal. As buscas seguiram no sábado (1) e domingo (2). Nesta segunda-feira (3) o nível do rio começou a baixar e a placa do veículo foi encontrada. Estava distante cerca de 300 metros do local onde o carro caiu na água. Bombeiros acreditam que o nível da água comece a baixar, o que vai facilitar as buscas.

Além disso, a partir desta terça-feira (4), a equipe de Francisco Beltrão será auxiliada pelo soldado do Corpo de Bombeiros de Pato Branco, João Carlos Alves, que esteve em Brumadinho (MG) quando do rompimento da Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho. O militar deverá reforçar as buscas também contanto com auxílio da cadela Brida, certificada em nível nacional e internacionalmente para busca e resgate de pessoas.

Fonte/foto: Corpo de Bombeiros