O Instituto Médico Legal(IML) de Pato Branco e que atende a 15 municípios do Sudoeste do Paraná deverá ter melhorada sua estrutura de serviços. O projeto foi destacado nesta segunda-feira(04) ao RBJ pelo Major  Zocchi,  da Assessoria Especial para a Segurança Pública na Casa Civil do Paraná.

Salientou que juntamente com chefe do IML, Leandro Peyneau, o Governo do Estado pretende construir nova sede para atender com maior rapidez as situações que sejam necessárias perícias e os atendimentos em locais de morte, para que um corpo não fique tanto tempo  até ser necropsiado e os familiares fiquem aguardando por conta de uma estrutura que hoje já não dá mais conta da demanda regional.

Em sua visita a Coronel Domingos Soares, o oficial também anunciou que com o novo concurso público a ser anunciado nos próximos dias com 2.400 vagas para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros,  a área do 3º Batalhão receberá um numero maior que previsto dos aprovados para a escola de formação de soldados.

Mencionou que ampliação da estrutura está trabalhada pelo comandante do BPM, Tenente Coronel Getúlio Ferreira de Lima. Explicou que a proposta do Comando é de que após a formação,  os novos soldados permaneçam pelo menos cinco anos na região sem transferências para outros batalhões. Apontou que a carência policial regional ocorre exatamente em função de que nos últimos anos  os  policiais que eram de outras regiões do Estado acabaram sendo transferidos sem a devida reposição de efetivo. “Perdemos 50 e 60 policiais que foram de graça e isso causa uma falta enorme para cobrir as atividades. Estamos trabalhando firmemente nestas questões junto a Casa Civil”, garantiu o Major.