O diretor da Penitenciária de Francisco Beltrão, Joabe Barboza, confirmou que o detento Vanderlei de Souza Lima,33, que matou seus três filhos menores a golpes de faca no último dia 09 de maio no Bairro ElDorado em Palmas, sul do Paraná, morreu por enforcamento na noite de ontem(03), por volta das 22h00, no interior da cela que dividia com outro preso.

 Informou que tão logo tomou conhecimento do fato acionou a Polícia Científica e IML de Francisco Beltrão para os procedimentos relativos ao caso. Conforme o diretor, já foi tomado o depoimento do outro detento que estava no cubículo com Vanderlei. “A princípio foi suicídio mesmo, mas isso está sendo apurado pela Polícia”, destacou Barboza.

 Revelou o diretor que nos dois meses em que esteve preso, Vanderlei não apresentou comportamento problemático. “Não tenho notícias de mau comportamento, apenas que era uma pessoa bastante deprimida, conseqüência do crime que cometeu”, avaliou

Vanderlei já havia tentado se suicidar no dia do crime quando da posse da faca que utilizou que matou Carlos Rian dos Santos Lima, 09; Ketlin dos Santos Lima, 05 e Mirela dos Santos Lima, 03,  inicou cortes em seus pulsos mas não prosseguiu pois estava sentido dor, revelou à epoca o assassino, ainda na Delegacia de Polícia de Palmas, logo após ser detido, próximo do local do crime, numa plantação de pinus localizada na estrada velha para Clevelândia.

Vanderlei foi encaminhado ainda no dia do crime para a penitenciária de Francisco Beltrão, como medida de segurança, diante dos fortes rumores que poderia ser linchado se permanecesse detido em Palmas. Á época o assassino relatou ao repórter Alencar Pereira que estava arrependido por matar os três filhos