A Polícia Militar de Coronel Vivida, Paraná, prendeu duas pessoas que estariam planejando um possível ataque contra o Sd. Barbosa, policial que atua na área da 3ª Cia. As informações sobre o ataque mobilizou na madrugada de segunda-feira, 11, vários policias do 3ª BPM de Pato Branco.

Após horas de trabalho de investigação a PM prendeu na comunidade de Jacutinga, interior do município, Adelar Rosa, 40 e na cidade em um hotel, Helizandro Sousa Melo, 24, conhecido como (carioca), natural de Fortaleza – CE, com familiares no Rio de Janeiro.

Segundo informações os suspeitos acreditavam que na casa do policial encontrariam com facilidade armas e munições. Por residir no interior supostamente seria um alvo fácil para os bandidos.

Na casa onde foi detido Adelar a Polícia encontrou uma espingarda calibre 20, um revólver calibre 32 municiado com cinco cartuchos intactos, um coldre, uma cartucheira, 17 munições calibre 20 deflagradas e duas intactas, além de materiais para a recarga.

O pai do acusado assumiu a propriedade das armas, ele foi encaminhado a Delegacia onde pagou fiança de dois mil reais e foi liberado. O policial retirou os seus famílias da casa onde residiam até que a Polícia apure os fatos.