Um dos acusados de integrar  a quadrilha que praticou o roubo a Relojoaria Orient em Mangueirinha, em abril do ano passado, apresentou-se na tarde de ontem(05) ao Poder Judiciário da Comarca local. Na ocasião foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva.

  • Compartilhe no Facebook

Produtos apreendidos com os acusados durante operação “Dumont” em setembro de 2017

Residente em Quilombo, Oeste  Santa Catarina, o acusado estava foragido desde setembro de 2017 quando foi deflagrada a operação “Dumont” pela Polícia Civil para dar cumprimento a mandados de busca e apreensão e de prisão a sete envolvidos que se encontravam em Mangueirinha, Palmas e Quilombo.

Conforme o Delegado,  Breno Machado de Paula, no roubo no final de abril de 2017 foram levados centenas de relógios, ocasionando prejuízo de R$ 90 mil reais. Os criminosos, com uma caminhonete roubada na cidade de Guarapuava no dia 26 de abril,  arrobaram a porta do estabelecimento e posteriormente empreenderam fuga com o veículo.

Durante a Operação nas residências de alguns dos acusados foram apreendidos relógios, drogas, munições e vestimentas utilizadas no dia do crime. A operação policial contou com apoio dos Policiais Civis da 5ª SDP de Pato Branco, da Depol de Palmas/PR e Depol de São Lourenço do Oeste/SC.

Após a prisão e audiência de custódia, o acusado foi encaminhado à 5ª SDP de Pato Branco/PR, onde permanecerá detido e à disposição da Justiça.