Menu
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
25 de fevereiro de 2021
Rádios

Segunda vítima de acidente aéreo que matou palmense portava identidades falsas

Cotidiano

por Guilherme Zimermann

WhatsApp-Image-2020-10-15-at-9.39.11-AM-e1602765677609
Publicidade

A segunda vítima fatal do acidente de helicóptero que causou a morte do piloto residente em Palmas, Gelson Moraes da Silva, no Sul do Rio de Janeiro, viajava com duas identidades falsas. A informação foi divulgada pela Rádio Band News FM.

Com o passageiro foi encontrada uma carteira de identidade do Paraguai, em nome de Ercílio Daniel Lopez, e outra do Estado de Minas Gerais, com a identificação de Roberto Augusto dos Santos. Os documentos estavam com a mesma foto.

A Polícia Civil investiga de onde saiu a aeronave, que não tinha autorização para voar porque estava com o certificado vencido e a documentação de aeronavegabilidade cancelada. O piloto tinha autorização da Agência Nacional de Aviação Civil para pilotar.

Uma falha no motor devido à falta de combustível pode ter sido a causa da queda. Porém, apenas a apuração do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) identificará o que realmente causou o acidente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade