A vacina contra a gripe deverá imunizar mais de doze mil pessoas em Palmas, sul do Paraná, a partir da próxima segunda-feira (25). Pessoas com mais de 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos incompletos, gestantes, mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias e portadores de doenças crônicas integram o grupo alvo da campanha.

Conforme o Setor de Imunização, inicialmente, serão vacinadas as gestantes, uma vez que, a Secretaria Estadual de Saúde ainda não repassou a totalidade das doses para o município. O governo federal somente enviou ao Estado, 48% do total de vacinas. Os demais lotes deverão chegar ao Paraná somente no domingo(24).

Informou a responsável, Daiane Muller, que há previsão de que a partir do meio da próxima semana todas as doses previstas para o município já estarão disponíveis. “Para o Dia D, em 30 de abril, ai sim estaremos vacinando todas as pessoas que integram o publico alvo, com vacinação em todas as Unidades Básicas de Saúde nos bairros”, disse ela.

A partir de segunda-feira, exclusivamente para as gestantes as vacinas estarão disponíveis somente na Unidade Central. Explicou que a meta do Ministério da Saúde é que a vacinação atinja no mínimo 80% do público alvo,que em Palmas representa 9.760 pessoas. “No ano passado superamos a meta de forma bastante tranquila e esse ano faremos todo o esforço para atingir o máximo de pessoas possível”, destacou. O governo do Paraná tem como meta entre 90 a 95% da população alvo.

A vacinação, que vai até o dia 20 de maio, também será estendida aos trabalhadores de saúde, população indígena e privados de liberdade. Ela é eficaz contra os três tipos do vírus da gripe mais circulantes no País – Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. Em adultos, a dose é única. Já para crianças, é preciso completar o esquema vacinal de duas doses para que o imunobiológico conceda a proteção desejada.