A 7ª Regional de Saúde realizará uma Capacitação em Teste Rápido para detecção e diagnóstico de HIV, Sífilis e Hepatites B e C. O objetivo é a incorporação do teste no dia-a-dia das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Conforme a Regional, as unidades presentes nos 15 municípios já contam com profissionais habilitados. Atualmente nas Maternidades dos Hospitais presentes na região estão implantados somente os testes de HIV.

Seis instrutores, com cinco enfermeiras e um biomédico, serão responsáveis pelo repasse das informações para aproximadamente 50 pessoas.  A primeira turma será dias 2, 3 e 4 de abril e a 2ª será dias 9, 10 e 11 de abril. Serão dois dias de teoria, onde serão realizadas dinâmicas de acolhimento e aconselhamento, abordadas questões de sigilo, ética, estudo de notas técnicas e portarias, e um dia de prática.

Os alunos são profissionais com curso de nível superior (enfermeiros, biomédicos, bioquímicos) dos municípios de abrangência da 7ª RS e participante será avaliado por um instrutor que verificará a aptidão para execução do teste.

Os testes rápidos desempenham um papel importante na diminuição da epidemia do HIV, Sífilis e das Hepatites Virais, por serem ferramentas essenciais para o acesso a um diagnóstico precoce. Várias são as iniciativas no sentido de implementar estratégias para ampliar o acesso ao diagnóstico do HIV, Sífilis e HV especialmente em gestantes e populações em situação mais vulneráveis.

O diagnóstico durante o pré-natal possibilita que sejam realizadas intervenções durante a gestação e o parto, reduzindo assim a transmissão vertical do HIV e da Sífilis.Os Testes Rápidos fazem parte dessas estratégias e, por suas características de fácil execução e interpretação, podem ser utilizados fora do ambiente laboratorial por profissionais capacitados para essa metodologia.