No período de 28 de setembro a 30 de outubro serão realizadas as campanhas de vacinação contra a poliomielite e de multivacinação para atualizar a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes até 15 anos de idade. O Dia D de imunização será em 17 de outubro, um sábado. Em Francisco Beltrão as campanhas são coordenadas pela secretaria municipal de Saúde.

O grupo alvo da vacinação contra a paralisia infantil são as crianças de 12 meses a 4 anos de idade. Todas desta faixa etária devem ser vacinadas, independente se já tomaram a vacina em campanhas anteriores. A meta é vacinar pelo menos 95% das cinco mil crianças do município que se enquadram nesta faixa etária. Esta vacina é oral, com a aplicação de duas gotas em cada criança. O Paraná não registra casos de paralisia infantil desde 1987 e o Brasil desde 1990.

No caso da multivacinação, o público alvo são as crianças e adolescentes menores de 15 anos. As vacinas estarão disponíveis em todas as 25 unidades de saúde do município, com atendimento de segunda a sexta-feira no horário 07h30hs às 11h30hs e das 13h00 às 17h00.

Serão ofertadas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança e do adolescente visando diminuir o risco de transmissão de enfermidades imunopreveníveis, assim como reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal. As vacinas serão realizadas para quem tiver com a caderneta de vacinação em atraso com alguma vacina. Por isso é de fundamental importância comparecer na unidade de saúde com a carteirinha para que os profissionais verifiquem quais são necessárias.

A campanha de multivacinação ofertará as vacinas BCG, que previne as formas graves de tuberculose; pentavalente, que protege contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e influenza B; rotavírus humano, contra a diarreia; pneumocócica 10, contra a pneumonia meningite e otite; meningocócica C, que previne contra meningites; tríplice viral, contra sarampo, caxumba e rubéola; vacina contra a varicela; HPV, que previne alguns tipos de câncer em jovens; vacinas da hepatite A e hepatite B e ainda contra a febre amarela.

Em entrevista à rádio Onda Sul, o secretário de saúde de Francisco Beltrão Manoel Brezolin, deu detalhes de como vai funcionar a logística da campanha no município. Ouça:

Assessoria