O Secretário de Saúde de Palmas, Flávio Silva Possetti, manifestou preocupação com a aparente desmobilização da população nas ações prevenção para contenção do corona vírus. Além disso, cobrou responsabilidade das empresas que não estão observando a legislação do isolamento  social.

Na programação do jornalismo da Rádio Club FM, reiterou que ações de prevenção trarão efeitos na cadeia de transmissão no período 15 dias. “Isso é importante entender, pois nos 14 dias as pessoas continuam transmitindo o vírus. Desta forma, o distanciamento social é tido pela Organização Mundial de Saúde(OMS) a melhor e a única ferramenta efetiva de prevenção  e controle”, advertiu.

Alertou que algumas empresas não estão aplicando o devido cuidados, mesmo com os decretos restritivos pelos governos estadual e municipal. Conforme ele, nesta semana será implementada rigorosa fiscalização e os estabelecimentos serão notificados. “Para as  reincidentes serão aplicadas as leis sanitárias e responsabilizados os responsáveis”, alertou.

Atualizou que no município há cinco casos com leve quadro de compatibilidade ao Covid-19. Em outros dois casos suspeitos os pacientes, que estão em monitoramento, já estão em recuperação. Anunciou que no pacote de medidas, todos os óbitos no município passarão pela investigação para detecção de possíveis situações de transmissão comunitária. “São medidas que precisamos adotar para garantir que as famílias e as pessoas que queremos bem não sofram com a irresponsabilidade”, disse ele.