Desde o início do ano, Francisco Beltrão está passando por dificuldades na contratação de novos médicos, ao todo, foram convocados 26 profissionais aprovados em concurso, mas apenas seis assumiram a função. Na última terça-feira (30), o prefeito, Cleber Fontana, assinou edital convocando oito médicos, a intenção é suprir a demanda dos postos e colocar em prática projetos ligados a saúde.

  • Compartilhe no Facebook

(Foto: Divulgação/Assessoria)

A Secretária de Saúde, Aline Biezus, comenta que a falta de profissionais se dá por vários motivos, “médicos que estão fazendo residência, que foram para outros municípios, outros não tem interesse de vir para Beltrão ou ainda estão no último ano da faculdade”.

Segundo ela, algumas Unidades de Saúde estavam sem profissionais no período integral, mas não ficaram sem atendimento, “tinham postos com profissionais todas as tardes, todas as manhãs, alguns três vezes por semana, principalmente para o atendimento aos grupos de risco” e destaca que não foram medidos esforços para preencher as lacunas na assistência.

Seguindo os trâmites legais é necessário aguardar 30 dias da data de chamamento para constatar se o candidato irá ou não assumir. A Secretaria inclusive, tomou a iniciativa de entrar em contato com os médicos convocados, de modo que caso não haja interesse em assumir o cargo, assinem o quanto antes o termo de desistência, “infelizmente tem todo um processo legal de convocação, de tempo que esses profissionais precisam para assumir”, destaca.

Assim que assumirem, será possível colocar em prática vários projetos “a gente também tem o programa Melhor em Casa, que estamos implantando, que precisa de um profissional médico. São vários projetos que necessitam de profissional médico na equipe para se concretizar”.

Segundo Aline a expectativa é que os profissionais assumam e nesse mês de maio, “todos os postos que estão sem médicos em período integral, irão ficar com o seu médico 40 horas, para o atendimento desta população assistida no seu PSF”.

A Secretaria pediu a compreensão da população e se colocou à disposição para qualquer esclarecimento, “as portas da Secretaria de Saúde estão abertas para qualquer pessoa que queira tirar dúvidas. Logo essa situação irá se organizar e a gente vai mostrar novamente que a saúde de qualidade é o nosso principal foco”.

Confira a entrevista: