Duas mulheres de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina, estão internadas no Hospital Regional de Xanxerê com fortes sintomas da influenza A(H1N1). Os casos foram informados pela Secretaria de Saúde local e, conforme a responsável pela Vigilância Epidemiológica, Rosane Ribeiro, o mais grave é de uma idosa com mais de 70 anos que não tomou a vacina e está na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Outra é uma gestante jovem que está no isolamento. Ela tomou a dose, mas provavelmente, a vacina ainda não tinha dado efeito, o pode levar até 15 dias.

Com a circulação do vírus, mortes confirmadas e casos suspeitos, a preocupação aumentou no município de Abelardo Luz pela baixa baixa procura pela vacina nos postos de saúde que até quinta-feira, penúltimo dia da campanha, registrava apenas 65% do público prioritário. Os casos suspeitos ainda estão aguardando a confirmação dos exames.