A pandemia do COVID-19 (Coronavírus) além dos efeitos na economia, tem impacto na saúde mental de muitas pessoas. O excesso de informação, desconhecimento da doença e o medo são sintomas que se acompanha principalmente pelas mídias sociais.

“Manter o equilíbrio e um raciocínio saudável é fundamental”. A orientação é da psicóloga, Bárbara Marchesini. Enfatizou que a todo momento as pessoas estão recebendo um bombardeio de informações. Diante disso, é muito importante fazer uma verificação das notícias  e suas fontes, se tem comprovação cientifica, ou seja, saber se é verdadeira ou mais uma “fake news”.

Orienta que nestes momentos é necessário mudar o foco, mesmo seguindo as orientações dos órgãos de saúde. É importante para saúde mental voltar-se às atividades que dão prazer, ocupando o  tempo com momentos criativos, organizar a rotina dos dias de isolamento. Algumas das opções como ler livros, assistir filmes, meditação, cuidar da horta, arrumar a casa, brincadeiras lúdicas entre familiares, colocar o sono em dia, auxiliam a mente em manter-se bem.

Para quem já sofre com problemas psíquicos, o afastamento das más notícias é imprescindível. Além disso, utilizar a tecnologia ao seu favor, conversar com amigos e familiares distantes, evitar a solidão(uma das principais causadoras do medo), vai proporcionar mais tranquilidade para enfrentar a situação.

Se mesmo com essas dicas, a pessoa apresentar sintomas de depressão ou ansiedade a ajuda profissional é fundamental. “O melhor viver e superação depende de cada um, com auxilio daqueles que tanto amamos e nos amam” disse

Entrevista Psicóloga Bárbara Marchesini