Os diretores do Hospital São Francisco, de Francisco Beltrão, informaram através de entrevista coletiva, nesta terça-feira, 06, que vão iniciar o processo de descredenciamento do Sistema Único de Saúde (SUS). A decisão foi tomada ontem a noite, em assembleia com todos os sócios dos hospital. A partir de agora, o hospital tem seis meses para o encerramento total das atividades pelo SUS.

O médico Eduardo Toshimitsu, diretor geral do HSF, garantiu que os pacientes não ficarão sem assistência “Não queremos em momento algum deixar a população sem assistência. Esta decisão foi tomada porque não houve uma solução definitiva para o problema, que já vinha se agravando há mais de dois anos”, disse.

A direção do hospital garantiu que todos os envolvidos serão notificados oficialmente dessa decisão. Já os membros da Associação Regional de Saúde do Sudoeste (ARSS), assim como do Conselho Regional dos Secretários Municipais de Saúde (Cresems), devem se reunir nos próximos dias para discutir as medidas a serem tomadas na sequência.