Nesta sexta-feira (07), ouvintes entraram em contato com a Rádio Onda Sul FM, manifestando preocupação quanto a uma epidemia de Dengue no bairro Vila Nova em Francisco Beltrão. A informação foi repassada pela ferramenta WhatsApp, sem fonte, causando a indagação e preocupação.

O Diretor da Secretaria de Saúde de Francisco Beltrão, Fernando Braz Pauli, esclarece que não há nenhum surto no município, apenas alguns casos em investigação, “sempre que há suspeita de Dengue, é feito o trabalho preventivo e toda a investigação. O último caso confirmado foi no bairro Vila Nova no dia 21 de maio, e imediatamente realizamos um trabalho preventivo”.

Ao todo mais de 200 Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias realizam um trabalho bastante intenso no controle da dengue, “não só as orientações relacionadas à saúde da mulher, da criança, do idoso, mas também o acompanhamento das famílias junto ao domicílio, vistoria de possíveis criadouros da dengue”.

Segundo o último LIRA, levantamento rápido do índice de infestação, os locais propícios para focos do mosquito da dengue, são registrado em plantas, calhas, pequenos objetos, locais que a população pode no dia a dia, vistoriar. Apesar de não haver surto no município, Fernando destaca que existe a ocorrência de casos isolados, ou seja, é de extrema importância realizar um trabalho em conjunto com a população, independente de clima.

Desde o início de 2019, foram 201 notificações, das quais 152 foram descartadas. Os casos autóctones – pessoas que ficaram no município e contraíram o vírus -, totalizam quatro: no bairro Vila Nova, Aeroporto, Cango e São Francisco. Casos tratados como importados – pessoas contraíram a doença em viagem -, são cinco: no bairro Miniguaçu, Jardim Floresta, Pinheirinho e dois no bairro Centro.

Confira a entrevista: