A campanha de vacinação contra o Sarampo segue até o dia 13 de março. Em Chopinzinho vacina está disponível todos os dias nas unidades básicas de saúde do município. No momento da vacinação deve ser levado o cartão SUS e a carteira de vacinação.

Em Chopinzinho, houve dois casos suspeitos e apenas um confirmado, ainda em dezembro, oriundo de Curitiba. Era um bebê, e a Secretaria de Saúde fez o bloqueio do caso. O outro caso suspeito e descartado foi em um adulto, em fevereiro.

Na faixa etária de 20 a 29 anos são mais de 3000 pessoas que devem ser vacinadas no município, e apenas 200 procuraram as unidades de saúde. Neste caso, todos que tem entre estas idades devem tomar reforço da vacina, indiferente se tenham ou não feito mais doses. Os demais adultos só precisam se vacinar se não tiverem com o esquema de vacinação completo. Vale lembrar que algumas pessoas receberam a vacina como dupla viral ou tetra viral.

O sarampo era uma doença erradicada no Brasil. Devido a imigração de pessoas não-imunizadas, voltou a aparecer. É uma doença infecciosa grave. É transmitida pelas vias respiratórias, como tosse, fala e mesmo respiração próxima a outras pessoas. Hoje, a única maneira de evita-la é com a vacina tríplice viral – que também protege contra rubéola e caxumba – e que faz parte do calendário nacional de vacinação.

Da redação, com informações da assessoria.