O Novembro Azul é um movimento mundial que acontece durante o mês de novembro para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. A doença é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros e as maiores vítimas são homens a partir dos 50 anos, além de pessoas com presença da doença em parentes de primeiro grau, como pai, irmão ou filho.

  • Compartilhe no Facebook

Farmacêutica, Caroline Lermen Munhoz (Durante entrevista a Rádio Onda Sul)

Na manhã desta terça-feira (05), durante entrevista a Rádio Onda Sul FM, a Farmacêutica, Caroline Lermen Munhoz, explicou sobre a importância dessa campanha e orientou sobre os cuidados a saúde do homem. “Já temos o agosto azul, mas o novembro azul ele também remete a saúde do homem principalmente no sentido amplo, normalmente o agosto azul é focado no exame de próstata, mas o novembro azul é uma campanha mundial que quer conscientizar a população masculina a respeito da importância dos cuidados com a saúde. Essa campanha surgiu no ano de 2003 na Austrália e hoje, no ano de 2019 nós já temos 21 países que seguem essa campanha e levam esse mês como uma conscientização do homem a respeito da importância e cuidados com a sua saúde. Nesse ano a campanha tem como tema “Seja Herói da sua Saúde”, justamente para estimular os homens a buscar o cuidado e o conhecimento a respeito das doenças. Como seria um cuidado integral, será comentado durante esse mês a respeito da saúde mental, como depressão, as doenças sexualmente transmissíveis, as doenças crônicas como hipertensão e diabetes, entre outros pontos que devem ser observados”.

No País, as ações vão desde a iluminação de prédios e monumentos históricos com a cor da campanha até intervenções em espaços públicos com orientação de médicos. Palestras e realização de exames também são oferecidos. Em 2018, o LAL promoveu mais de 460 ações que atingiram cerca de 100 milhões de pessoas.

Segundo, Caroline, a campanha vem crescendo de maneira muito forte nos últimos anos e tem uma importância tão grande quanto a de mama. “A doença câncer de próstata é perfeitamente curável, desde que detectada precocemente. A campanha visa alertar a população, principalmente a masculina, sobre a necessidade do exame periódico. O exame para detecção do câncer de próstata deve ser realizado a partir dos 50 anos de idade, mas antes disso o homem já pode se consultar com um urologista. Há um grupo de risco em que o tumor é identificado mais cedo e que precisa iniciar o rastreio a partir dos 45 anos: são os homens negros, aqueles com parentes de primeiro grau que tiveram a doença e os obesos”.

O Novembro Azul dá ao homem a chance de olhar para a própria saúde de uma forma integral. “É a oportunidade de identificar outros agravos da saúde masculina, é a porta de entrada para identificar, por exemplo, problemas cardiológicos, no trato urinário. Mas o cuidado tem de ser de novembro a novembro”, reforça Caroline Munhoz.

Confira o áudio da entrevista na íntegra: