A Câmara de Vereadores de Palmas, sul do Paraná, estará votando na noite desta segunda-feira(20), em primeiro turno, um Projeto de Lei do Legislativo que prevê a reativação da Unidade de Hemotransfusão e Banco de Sangue no município.

O assunto já vem sendo tratado na Casa, desde a primeira sessão ordinária deste ano.  Na pauta de 06 de fevereiro, os  vereadores, Ezequiel da Silva e José Adilson de Almeida, já propunham a reativação da Unidade de Coleta e Transfusão(UCT), fato que se confirma através do Projeto de Lei nº 02/2017.

A Unidade de Coleta e Transfusão de Palmas criada em 1995 por iniciativa do então secretário de saúde, Célio Ribas, no governo do prefeito, José Ferreira de Almeida e foi fechada em 2009.

Desde então, tem sido realizadas várias tentativas pela sua reativação através do Conselho Municipal de Saúde e outras entidades. A  unidade,  que foi referência estadual e nacional pela qualidade do sangue coletado e pelo alto índice de aproveitamento,  atualmente funciona apenas como agência transfusional junto ao hospital local. O sangue dos doadores  é coletado em datas programadas pela Unidade de Pato Branco.

Na busca pela reativação, várias foram manifestações positivas, inclusive da 7º Regional de Saúde, Superintendência da Secretaria Estadual de Saúde, Departamento Saúde e dos Poderes Legislativo e Executivo.

Leia Mais Presidente do CMS destaca necessidade de Palmas voltar a ter o Banco de Sangue