• Compartilhe no Facebook

Nos dias 8 e 22 de agosto, às 20h.

Em tempo de pandemia, as lives transformaram-se em importantes ferramentas de comunicação, nos diversos setores da comunidade. No campo religioso, elas proporcionam encontros, formação e bem-estar.

Com o intuito de refletir sobre as questões vocacionais, nos dias 8 e 22 de agosto, às 20h, acontece a Live Vocacional do Seminário São João Maria Vianney – Diocese de Palmas-Francisco Beltrão. Terá a apresentação do Pe. Elcio Cordeiro (Reitor) e do seminarista Claudecir Grevenhagem.

Você pode acompanhar pelo canal no YouTube (conscientizando) e na página no Facebook: Seminário de Palmas.

Conforme Pe. Elcio, a Live Vocacional objetiva entrar em contato com os candidatos que tenham interesse em conhecer o seminário: “E quem sabe, em 2021, estarem frequentando as nossas estruturas como seminaristas da Diocese, no discernimento vocacional”.

A live vai proporcionar a reflexão sobre a importância do seminário e na vocação: “Vamos inserir informações importantes para que o nosso contato, neste tempo de distanciamento social,  torne-se efetivo e que possamos nos conhecer melhor”.

O Seminário Diocesano São João Maria Vianney possui 81 anos de existência. Neste período ajudou a formar Padres, inclusive, dentre estes, um Bispo (Dom Geremias Steinmetz). “Todos os Padres que por aqui passaram tiveram uma experiência ímpar em seu discernimento vocacional. Como também, aqueles que não tiveram esta oportunidade, possuem um carinho especial a este berço das futuras vocações sacerdotais”, diz Pe. Elcio.

“É imprescindível manter e ter os seminários como coração da Diocese. Não há outro modo seguro de prover a Igreja de Padres senão pela via dos seminários, lugares sagrados onde se molda a alma do futuro Presbítero, oferecendo-lhe formação humana, cristã, intelectual, espiritual e pastoral, tendo como base a convivência comunitária, a exemplo dos doze apóstolos, como exemplifica as Diretrizes para a formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil “Jesus é o grande modelo para a formação humana dos Presbíteros. Ele formou pessoalmente seus apóstolos e discípulos oferecendo um método: amá-lo e segui-lo”, concluiu Pe. Elcio (CNBB, 2019, nº. 186).