Há cinco anos a Diocese de Palmas/Francisco Beltrão recebia a notícia do falecimento de seu segundo Bispo. Batizado como José Benito Sartori, Dom Agostinho, faleceu em 06 de junho de 2012, às 06h45 da manhã aos 83 anos, em Pato Branco, acometido pelo Mal de Alzheimer e de Parkinson. Em Agosto próximo, durante as festividades do padroeiro de Palmas e da Diocese, Senhor Bom Jesus da Coluna, os restos mortais do Bispo serão transladados  para a cripta da Catedral de Palmas, como ocorreu com o primeiro Bispo, Dom Carlos.

Frei Dom Agostinho José Sartori foi nomeado bispo de Palmas pelo Papa Paulo VI, no dia 16 de fevereiro de 1970. Recebeu a ordenação episcopal no dia 26 de abril de 1970, tornou-se o 2º bispo de Palmas-Francisco Beltrão. Sua posse solene na Catedral de Palmas, em 14 de junho de 1970, com o Lema: “Donec Christus Formetur” – Até que Cristo se forme em vós. Dom Agostinho iniciou e findou seu episcopado em Palmas, onde teve seu corpo sepultado no cemitério municipal.

Em 2009, o departamento de comunicação do CPEA (Centro Educacional e Assistencial Dom Carlos) produziu um programa especial em comemoração aos 80 anos de Dom Agostinho.