• Compartilhe no Facebook

Ressalta Dom Edgar Xavier Erl que o Espírito Santo tem despertado iniciativas louváveis na Diocese por estes tempos.

O Bispo da Diocese de Palmas-Francisco Beltrão, preocupando-se com a situação de pandemia no Sudoeste do Paraná, orienta aos diocesanos sobre como devem agir diante das atividades eclesiais. Ressalta Dom Edgar Xavier Erl que o Espírito Santo tem despertado iniciativas louváveis na Diocese por estes tempos: “Deus seja louvado por cada momento solidário, fraterno, celebrativo, eclesial vivido em cada realidade paroquial. São muitos os sinais de esperança que renovam a fortalecem nossa fé”.

Celebrações – Permanecem suspensas as celebrações com a presença dos fiéis. Manter as celebrações das missas nos horários fixos, com a participação de apenas das pessoas para a liturgia da Palavra e cântico. As paróquias devem seguir os decretos municipais.

Sacerdotes – Recomendo que os serviços pastorais, aconselhamentos/orientações, confissões, bênçãos sejam mantidos, com os devidos cuidados.

Celebrações dos Sacramentos:  As Crismas, Primeiras Comunhões, Batismos, Matrimônios, festas dos padroeiros, romarias…, estes eventos estão cancelados, podendo ser remarcados oportunamente.

Catequese – O que propomos são encontros online para manutenção dos vínculos entre catequese, catequistas, catequizandos e familiares.  Todavia, quando se reiniciada a catequese, os encontros darão continuidade onde foram suspensos.  Em consequência disto, a primeira comunhão e crismas também serão protelados para futuras datas.

Encontro de Formação – Todos os cursos e escolas diocesanas e paroquiais estão suspensos.

Velórios/sepultamento e assistência aos doentes – Mantê-los seguindo o que estabelece a vigilância sanitária e as autoridades do Ministério da Saúde, os decretos municipais. Para velórios e sepultamentos de suspeitos de coronavírus as orientações são rígidas. Mas atenção! Nem todos morrem pelo Covid-19.

Secretarias e Cúria Diocesana – São duas indicações a se observar: 1) Os decretos/portarias municipais; 2) As orientações do Pe. Sérgio Algeri (ecônomo diocesano), assessorado pelo Conselho Econômico e o Departamento Contábil e Jurídico.

Diocese Solidária – Propomos que a Campanha Diocese Solidária tenha prosseguimento por tempo indeterminado, garantindo a subsistência das famílias e indivíduos num cenário pós-epidemia.