A seca de 2020 já é considerada uma das piores das últimas décadas. E o Rio Iguaçu, em União da Vitória, chegou a uma de suas marcas mais baixas em 90 anos, conforme  monitoramento desta quinta-feira, (30). Até 10h00 o nível era em 1,33 metros.

Com a baixa vazão, o seu leito vem trazendo várias surpresas aos visitantes. Na tarde desta quarta-feira (29), os moradores do bairro Panorama em União da Vitória, Cleunice dos Santos e o seu marido, encontraram entre as pedras do leito seco uma imagem da Sagrada Família de Nazaré.

  • Compartilhe no Facebook
Segundo ela, a felicidade e emoção foram grandes para o casal que voltava do Hospital após uma consulta.  O sentimento também tomou conta de diversas pessoas que visitam o velho Iguaçu agonizando. A mulher levou a escultura para casa, e reservou um lugar especial para ela.

A imagem encontrada pela moradora será encaminhada ao padre Silvano Surmacz, da Catedral Sagrado Coração de Jesus, em União da Vitória. Um posicionamento sobre a imagem deve ser feito nos próximos dias.

A Sagrada Família é proposta pela Igreja Católica, como modelo de todas as famílias cristãs, pois nela Deus está sempre no centro de suas decisões e ocupa sempre o primeiro lugar e tudo. A família é antes de tudo uma grande escola de virtudes humanas e teologais e o primeiro lugar de encontro com Deus. Por isso, a família é chamada de Igreja doméstica, onde as crianças devem aprender os princípios básicos da fé na experiência concreta do dia a dia e lugar onde os casais buscam a sua santificação e a realização plena de sua vocação matrimonial. Fonte: Vvale