TV, rádio, jornal, mídias sociais como Facebook, Instagram e Twitter fazem parte do nosso dia a dia. Seja para informação ou descontração, sempre estamos recebendo diariamente uma imensidão de conteúdos. Hoje (28) a Igreja Católica convida para uma reflexão de todos esses conteúdos, quando se comemora o 51ª Dia Mundial das Comunicações Sociais.

O tema proposto é “Não tenhas medo, que eu estou contigo (Is 43,5 ) – Comunicar esperança e confiança, no nosso tempo”. A data foi criada durante o II Concílio Ecumênico Vaticano, através do decreto 18, “Inter Mirifica” e instituída em 1967, pelo Papa Paulo VI. É celebrada no dia de Ascensão do Senhor, quarenta dias depois da Páscoa.

Em meio ao cenário turbulento que o Brasil passa, com a instabilidade econômica e grave crise política, a disseminação de conteúdos ganha grande proporções e cabe as pessoas decidirem quais conteúdos contribuem para a formação da opinião e quais são fatos corriqueiros, falsos e maldosos.

“Nos tempos em que estamos vivendo, com tantas verdades, inseguranças, conflitos, um mundo mergulhado em questões de relações, povos, problemas sociais e basta ver aquilo que o Papa Francisco tem desafiado os países europeus com relação à migração. O Papa conclama que através dos meios de comunicação, a gente possa comunicar esperança e confiança. E claro, o que o papa propõe, brota do centro da espiritualidade cristã, Cristo é o maior sinal de esperança e confiança que precisamos comunicar ao mundo de hoje”. Comenta o Coordenador da PASCOM (Pastoral da Comunicação) da Diocese de Palmas e Francisco Beltrão, Padre Valdecir Bressani.

Na mensagem encaminhada no mês de janeiro pelo Papa Francisco, ressalta. “Em um sistema de comunicação, onde vigora a lógica de que uma notícia boa não desperta a atenção e, por conseguinte, não se torna notícia, e onde o drama do sofrimento e o mistério do mal facilmente se tornam espetáculo, somos tentados a anestesiar a consciência ou a cair no desespero”.

O Pontífice também aponta um estilo de comunicação, “gostaria, pois, de dar a minha contribuição para a busca dum estilo comunicador aberto e criativo, que não se prontifique a conceder papel de protagonista ao mal, mas procure evidenciar as possíveis soluções, inspirando uma abordagem propositiva e responsável nas pessoas a quem se comunica a notícia. A todos queria convidar a oferecer aos homens e mulheres do nosso tempo relatos permeados pela lógica da boa notícia”.

 

Rede Bom Jesus de Comunicação

A Diocese também desenvolve seu trabalho de comunicação na busca da informação de qualidade e de programas que contribuam para o desenvolvimento e crescimento da sociedade. Integram a Rede Bom Jesus de Comunicação a Rádio Onda Sul FM (Francisco Beltrão), Rádio Difusora América (Chopinzinho), Rádio Club AM e Horizonte FM (Palmas), site RBJ que contempla notícias de todo o sudoeste, além da revista diocesana Olhar.

“A igreja tem de ser também protagonista de uma comunicação diferente. Uma comunicação que leve ao encontro, some, possibilite as pessoas ter um diálogo com o mundo de hoje”, frisa Bressani.

 

10º Muticom

Com base no tema proposto pelo Dia Mundial das Comunicações Sociais, já está sendo preparado o 10º Mutirão Brasileiro de Comunicação (Muticom), o qual acontece em Joinville (SC), entre os dias 16 e 20 de agosto.

O evento contará com uma gama de palestrantes, mestres e doutores. O tema será “Educar para Comunicação”, e tem por objetivo ajudar na compreensão da comunicação como instrumento de comunhão e progresso humano.