• Compartilhe no Facebook

No dia em que a Igreja celebra São Francisco de Assis, o Frei Policarpo Berri, com 96 anos de idade, faleceu neste dia 4 de outubro, na Paróquia São Pedro Apóstolo, em Pato Branco. O velório ocorre na Igreja Matriz.

A Missa das das 7h, de segunda-feira, 5, será presidida por Dom Edgar Ertl, bispo da Diocese de Palmas-Francisco Beltrão, e às 10h, a celebração de exéquias, na sequência o sepultamento no  jazigo dos freis ao lado da igreja.

História

Em um domingo, dia 13 de julho de 1924, em Rodeio (SC), na área rural, nascia Inácio Berri, filho de Félix e Melânia Berri. Com 11 anos de idade deixou a casa dos pais para dar início aos estudos no seminário da Ordem Franciscana, em Rio Negro-PR.  No período do noviciado, o jovem adotou o nome de Policarpo. Foi ordenado sacerdote no Rio de Janeiro, no dia 25 de julho de 1950.

Frei Policarpo chegou em Pato Branco em janeiro de 1956 e no ano seguinte, a Ordem adquiriu a Rádio Colmeia, atual rádio Celinauta, iniciando um grupo de comunicação. Mas não apenas a população de Pato Branco, como de toda a Diocese vê nele um pastor especial. Frequentemente, pessoas dos mais diferentes lugares da Diocese, estão a sua espera na Canônica para uma bênção, um afago de mãos e uma palavra de conforto. Sem dúvida, Frei Policarpo é um dos padres que bem representam o papel das ordens e congregações na construção desta Diocese.

Em entrevista ao repórter Edson Honaiser (Rádio Celinauta), frei Neuri, explicou o ocorrido.

Morre Frei Policarpo

Posted by Rádio Celinauta on Sunday, October 4, 2020