Cerca de 70 servos da RCC (Renovação Carismática Católica) da Diocese de Palmas-Francisco Beltrão estiveram reunidos nos dias 16 e 17 de setembro, em Marmeleiro-PR, para participar da Escola Diocesana de Música, Dança e Teatro, organizada pelo Ministério de Música e Artes. O encontro, que aconteceu na Casa de Formação Padre Afonso, começou na manhã de sábado e terminou no domingo ao meio-dia, e contou com momentos de animação, oração, pregações, workshops e partilhas.

A primeira pregação teve como tema “Artistas em ordem de batalha” e quem conduziu foi Geisy Guerra, Coordenadora do Ministério de Música e Artes da Arquidiocese de Maringá e membro do Núcleo Estadual do ministério. Geisy falou sobre a missão da arte nesse tempo onde ela, seja a música, dança, teatro, tem sido tão maculada, principalmente no Brasil. Destacou o quanto é necessário que se levantem artistas católicos, combatentes, que não brinquem de cantar, de dançar, de atuar, afinal, o chamado feito por Deus não é brincadeira. “A minha arte tem o poder de salvação por onde eu for, minha arte precisa alcançar as pessoas”, afirmou. A pregadora ainda ressaltou a importância da vivência com a Palavra de Deus, com a vida de oração e que o artista não deve buscar, com sua arte, a glória terrena.

Após um momento de oração e acolhida por parte de Valdecir de Moura Mattos, coordenador diocesano da RCC, Claudia Palomares, coordenadora estadual do Ministério de Música pregou a partir do tema “Núcleo Íntimo”, onde afirmou que precisamos passar pela experiência profunda do amor de Deus, de deixa-lo entrar em nosso núcleo íntimo, na nossa essência. Mostrar para Ele a nossa verdade, nossos traumas e feridas para que Ele possa nos curar. “Quando estamos ministrando, o nosso núcleo íntimo aflora, por isso, precisamos que ele seja curado por Deus, para servir através da nossa arte”.

À tarde, os participantes se organizaram em grupos para participar dos wokshops, como de vocal – ministrado por Camila Santiago, Bacharel em Canto Lírico pela UEM; instrumentos – com Sidnei Ruaro da Silva e André Luiz Lazarini, de Pato Branco, Vinícius Scandolara, de Marmeleiro, e Lauro Boeing Junior, Coordenador do Ministério de Música e Artes da Diocese de Umuarama e membro do Núcleo Estadual; e Dança e Teatro – com Eduardo da Cunha, Assessor Estadual do Teatro, e Maria Celeste Leal, Assessora Estadual da Dança.

As atividades do dia encerraram-se com a Santa Missa na Igreja Matriz Santa Rita de Cássia. No domingo, após um profundo momento de oração e de continuidade às oficinas, como Dança e Teatro, Animação e Liturgia, Cláudia pregou sobre o sim de Maria dizendo que, assim como ela, precisamos estar preparados para fazer aquilo que o Senhor pede. E ainda mais, precisamos da sua ajuda maternal. “Se você quer ser um músico, artista do Senhor, dançar ou montar uma peça de teatro com unção, seja inteiro de Nossa Senhora. Ela é a mãe, a professora, que vai nos disciplinar na oração e nos ensinar a amar Jesus”, enfatizou.

Após a adoração ao Santíssimo, um momento de partilhas, testemunhos e agradecimentos por parte do coordenador Diocesano do Ministério de Música e Artes, Rafael Zamodzki, encerrouse o encontro.

Ministério de Comunicação Social | RCC Diocese de Palmas-Francisco Beltrão