• Compartilhe no Facebook

Dentro dos moldes de formação permanente, procurando inserir o catequista na vida e na mística catequética, reiniciou neste final de semana, 17 – 18 de fevereiro, na Casa de Formação Divino Mestre, a XI Escola Catequética Diocesana Caminho para o Discipulado, já em sua quinta etapa.

Com a participação de aproximadamente 100 catequistas, a formação teve a assessoria de Dom Edgar Ertl, que tratou sobre a Cristologia – acerca da Pessoa de Jesus, sua vida, sua obra, seus projetos, suas palavras e gestos, a partir dos Evangelhos.

A imagem que o catequista tem de Jesus pode influenciar na imagem que o catequizando irá formar. Daí a necessidade de conhecer melhor quem é Jesus para apresentá-lo, anunciá-lo coerentemente com a proposta do Evangelho, com os anseios do coração de cada catequizando. Para segui-lo é preciso cultivar uma profunda e pessoal relação com o Mestre, conforme bem nos apresenta o Documento de Aparecida, nº29: “Conhecer a Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria”.

Nas palavras de Dom Edgar: “Esta escola é de natureza muito especial para o discipulado. Realmente prepara pessoas para serem discípulos de Jesus Cristo; e anunciarem, onde estiverem, Jesus Cristo e o seu Evangelho, o Evangelho do Reino de Deus”.

Ao longo do ano, serão mais cinco etapas com temas que adentram a Doutrina da nossa Igreja. Além dos conteúdos teóricos oferecidos, é importante destacar os momentos celebrativos vivenciados e a interação através das dinâmicas desenvolvidas pelos quatro eixos – Bíblico, Litúrgico, Metodológico e Teológico. Nesta proposta, a escola tem como objetivo impulsionar a vocação catequética mais profunda que constitui a Igreja em sua missão. A certeza de que Jesus Cristo é o Senhor da história gera novas esperanças e impulsiona a ação.

Coordenação Diocesana de Catequese

 

Sonora com Dom Edgar Ertl.