“Somos membros uns dos outros (Ef 4, 25): das comunidades de redes sociais à comunidade humana”, este é o tema do Dia Mundial das Comunicações Sociais a ser celebrado em 2 de junho de 2019. O Papa convida para a reflexão sobre as relações entre as pessoas na internet, ambiente no qual a Igreja acredita que deve ser usado para o “encontro das pessoas e a solidariedade entre todos”.

Francisco conduz sua reflexão sobre o ambiente virtual, suas potencialidades, estrutura e forma de organização. Também recorre à imagem da comunidade que, “como rede solidária, requer a escuta recíproca e o diálogo, baseado no uso responsável da linguagem”.

O Papa chama atenção para algumas realidades que se manifestam negativamente no ambiente digital, como a exposição à desinformação e à distorção consciente e pilotada dos fatos e relações interpessoais; o “uso manipulador dos dados pessoais, visando obter vantagens do plano político ou econômico, sem o devido respeito pela pessoa e seus direitos”; o cyberbullyng no meio adolescente; a identidade nas comunidades digitais fundada na contraposição do outro; e a realidade do isolamento, apontada como motivadora para existência dos Jovens ‘eremitas sociais”.

Na Diocese

Para a Diocese de Palmas-Francisco Beltrão, o Pe. Valdecir Bressani (Assessor Diocesano da Pastoral da Comunicação), orienta as Paróquias para inserir nas celebrações, do dia 2 de junho, uma reflexão sobre a importância do tema do Dia Mundial das Comunicações, conscientizando para a evangelização através das comunicações sociais.

Leia na íntegra a mensagem do Papa Francisco: http://w2.vatican.va/content/francesco/pt/messages/communications/documents/papa-francesco_20190124_messaggio-comunicazioni-sociali.html

Mensagem da Pascom do Regional Sul 2 – CNBB – Paraná