Os venezuelanos enfrentam uma situação complicada. Nos mercados, faltam alimentos, produtos de higiene e remédios. A situação caótica provocou uma forte onda migratória para os países vizinhos da América Latina, principalmente o Brasil.
No Sudoeste do Paraná, a Diocese de Palmas-Francisco Beltrão estará acolhendo, duas famílias, dois casais e uma criança, neste sábado, 6, sendo encaminhados para a Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja, em Saudades do Iguaçu.

Diz Pe. Emerson Detoni, Coordenador Diocesano da Ação Evangelizadora, que a Diocese está atendendo um pedido da CNBB nesse acolhimento . (audio)

 

Texto: Luiz Carlos Bittencourt: assessoria de imprensa/pascom diocesana