• Compartilhe no Facebook

Com a presença do clero foi dada a bênção à residência episcopal no, dia 2 de dezembro de 2019, por Dom Edgar Ertl.

A Diocese de Palmas-Francisco Beltrão está situada no Sudoeste, uma grande região do Estado do Paraná, com 46 Paróquias nos 42 municípios, com distância de 267,7 km entre Coronel Domingos Soares e Capanema, extremos geográficos. Tendo em vista a esta realidade, a Diocese possui duas sedes: Palmas e Francisco Beltrão.

Em Francisco Beltrão já está estruturada a Coordenação da Ação Evangelizadora, com as atividades acontecendo na Casa de Formação Divino Mestre, construída no episcopado de Dom Agostinho José Sartori. Visando a mesma necessidade, optou-se por edificar, em Francisco Beltrão, a Casa Episcopal, a residência do bispo diocesano. Com a presença do clero foi dada a bênção à residência episcopal no, dia 2 de dezembro de 2019, por Dom Edgar Ertl.

  • Compartilhe no Facebook

Presença dos padres diocesanos, religiosos e diáconos.

Dom Edgar diz que este é um fato histórico para a Diocese devido às necessidades: “Já havia esse desejo na Diocese, dos padres e de Dom Peruzzo, que tivéssemos uma residência oficial em Francisco Beltrão. A Casa também vai ser de acolhida aos bispos, sacerdotes, seminaristas, religiosas, dentre outros. É um espaço onde vou receber pessoas para audiências, atendimentos e demais necessidades. “Agradecemos a todos que colaboraram para que tivéssemos, pela primeira vez na história da Diocese, a residência episcopal em Francisco Beltrão”. Conforme Dom Edgar, a Cúria Diocesana também passará a atender em Francisco Beltrão a partir de 2020.

Dom Edgar lembra que a Diocese permanecerá com duas sedes episcopais, com a Catedral em Palmas e a Concatedral, em Francisco Beltrão, desde 1987. Essa é uma realidade das poucas Dioceses do Brasil que possuem duas sedes. “A nossa Diocese permanecerá para sempre com o nome de Diocese de Palmas-Francisco Beltrão. Vamos cuidar desses dois lugares centrais de nossa Diocese com amor e dedicação. É bom que a população entenda que temos essas duas realidades, em que temos procurado criar harmonia e comunhão entre as duas Catedrais”, afirmou o bispo.