PASCOM

  • Compartilhe no Facebook

Casa de Formação Divino Mestre.

A Diocese de Palmas-Francisco Beltrão tomou mais uma iniciativa de apoio ao trabalho da saúde pública no combate ao novo coronavírus, colocando a Casa de Formação Divino Mestre à inteira disposição para a hospedagem dos profissionais envolvidos na linha de frente do enfrentamento ao Covid-19. O pedido foi feito pelo vice-prefeito de Francisco Beltrão Antônio Pedron ao padre Sergio Algeri, ecônomo da Diocese. O bispo diocesano dom Edgar Xavier Ertl aprovou e dando todo o apoio. A Casa de Formação já está sob a coordenação do vice-prefeito e sua equipe.

A Casa de Formação de Lideranças é utilizada para uma série de eventos pastorais no trabalho de evangelização da Diocese. São 120 quartos, com 240 camas, amplo refeitório, cozinha, área de estacionamento e demais dependências de hospedagem.  O padre Sergio Algeri confirmou que, ao receber o pedido, e a anuência do bispo dom Edgar, o pleito do município foi atendido prontamente. “A Igreja está também engajada e colaborando em tudo, no enfrentamento ao Covid-19”, frisou padre Sergio.

Tudo organizado

O vice-prefeito beltronense, Antônio Pedron, explicou como está ocorrendo a utilização da Casa de Formação de Lideranças da Diocese. “Já tivemos alguns profissionais hospedados lá, mas está tudo preparado e, caso a pandemia chegue em larga escala, nós temos um lugar especial para alojar o pessoal da linha de frente”, disse Pedron. O vice-prefeito confirmou que a Diocese “entregou a Casa” para a sua equipe. Ele mesmo organizou a utilização do local com equipe completa, desde vigias, cozinheiros, zeladores serventes e camareiras. Antônio Pedron   explicou que os profissionais da linha de frente, que tratam dos pacientes do coronavírus, são também “de alto risco”, não sendo aconselhável que voltem para suas casas e constituam ameaça de contágio em seus familiares. Padre Sergio Algeri informou também que a Casa de Formação está entregue para a utilização do município por tempo indeterminado.