• Compartilhe no Facebook

Um nova metodologia para a formação aos noivos foi implantada na Diocese de Palmas-Francisco Beltrão. Foto de divulgação

Desde de julho de 2017, a Diocese de Palmas-Francisco Beltrão está trabalhando na revisão do Diretório dos Sacramentos. Dos sete sacramentos, três foram trabalhados nos Conselhos Diocesanos de Pastoral: Batismo, Crisma e matrimônio.

De acordo com Pe. Emerson Detoni, (Coordenador Diocesano da Ação Evangelizadora), na preparação para o matrimônio de ser levado em conta sua importância e grandiosidade, “queremos propor um caminho pastoral que possa mostrar a maravilha desse Sacramento aos casais de namorados e aos noivos ajudando-os através de uma preparação adequada”.

  • Compartilhe no Facebook

Família durante celebração realizada na Concatedral Nossa Senhora da Glória, em Francisco Beltrão. Foto de divulgação

Cada Paróquia deverá formar uma equipe de Pastoral Familiar que, além de se preocupar com a família, seja responsável pela preparação do Matrimônio e o acompanhamento nos primeiros anos da vida matrimonial.

Quanto a preparação para o matrimônio deve ser realizada num processo gradual e contínuo considerando a natureza profunda do matrimônio e da família.

Segundo Pe. Emerson, todo o casal deverá intensificar essa preparação nos últimos meses de namoro, através de uma catequese matrimonial.  “A Igreja pede que os noivos sejam orientados a fazer esses encontros pelo menos seis meses antes da data do casamento”.

Para isso, é preciso:

  1. Formação de agentes: a paróquia deverá investir na capacitação e atualização das lideranças formando uma equipe de casais catequistas que acompanharão os noivos de maneira personalizada ou em pequenos grupos.
  2. Acompanhamento personalizado: Seguindo as orientações da Exortação Apostólica Amoris Laetitia, no número n. 208, nossa Diocese assumiu o compromisso de uma formação personalizada, num período mais longo, criando uma pedagogia do amor, uma catequese verdadeiramente matrimonial.
  3. Serão necessários encontros frequentes, num clima de diálogo, de amizade e de oração. Serão realizados preferencialmente na casa dos próprios noivos ou do agente do matrimônio.

“A família e o amor cristão são o verdadeiro cerne de toda existência humana e de toda a sociedade. A Igreja desde sempre, mas especialmente nos últimos tempos, tem demonstrado um carinho especial para com a família”, finaliza.

Na Concatedral Nossa Senhora da Glória, em Francisco Beltrão, no sábado, 1 de junho, na celebração das 19h, houve o envio dos casais que prepararam-se para o trabalho com os noivos. A missa foi presidida pelo Pe. Deucir José Poletti que destacou a importância e da valorização da família com o trabalho de formação aos noivos que buscam formar uma nova família cristã.