Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
13 de abril de 2021
Rádios

Cientista político analisa uso das redes sociais nas eleições deste ano

Política

por Guilherme Zimermann

maxresdefault
Publicidade

Uma eleição distinta, com forte atuação das redes sociais e reorganização dos partidos diante das nova regras eleitorais. Essa é a avaliação do cientista social e político Tiago Valenciano, a respeito das eleições municipais deste ano.

Em entrevista à Rádio Club de Palmas, Valenciano, que é graduado e mestre em Ciências Sociais e doutor em Sociologia, aponta que com o fim das coligações na disputa pelo cargo de vereador, os partidos precisarão de fortes candidatos para ser representado nas Câmaras Municipais, o que influenciará também na eleição para prefeito.

Ouça a entrevista no player abaixo:

Publicidade
Publicidade

Ao final do primeiro ano dos governos federal e estadual, o especialista avalia que o governador Ratinho Junior deverá participar ativamente das campanhas nos municípios, com o objetivo de montar a sua base de prefeitos, uma vez que ainda está governando com prefeitos eleitos em 2016. O presidente Jair Bolsonaro, apesar de suas características pessoais, também deverá ter o seu peso nas disputas municipais, dependendo da forma em que os grupos locais irão se posicionar com temas nacionais.

Redes sociais

Demonstrando força nas eleições de 2018, as redes sociais deverão ocupar espaços importantes na disputa deste ano, principalmente por meio dos aplicativos de mensagens, que têm o seu poder de mobilização, mas serve também como espaço para disseminação de notícias falsas, que também deverão ter atenção em nível local. “A rede social é um caminho importante para a política, mesmo em cidades pequenas, será um elemento diferenciado e quem souber trabalhar bem tende a largar na frente”, analisa.

Por outro lado, salienta que os veículos de mídia tradicionais, como rádio, TV e jornal são importantes para levantar as pautas de interesse público e o debate em torno desses assuntos. “É a imprensa tradicional que vai levantar os problemas do município, que vai pautar as campanhas”, aponta.

Publicidade
Publicidade

Foto: PontoCom News

Publicidade