Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
05 de dezembro de 2021
Rádios

Promotoria de Justiça de Palmas deflagra Operação AutoCAD; Vereador é um dos investigados

Além do parlamentar, uma arquiteta de Pato Branco também foi alvo da ação. Ambos são investigados por corrupção passiva.

Justiça

por Guilherme Zimermann

mppr-1
Publicidade

A 2ª Promotoria de Justiça de Palmas deflagrou nesta quinta-feira (21) a “Operação AutoCAD”. Os alvos são um vereador do município e uma arquiteta de Pato Branco, investigados pela prática de crime de corrupção passiva.

Quatro mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara Criminal de Palmas foram cumpridos por equipes da Polícia Militar em Palmas e Pato Branco.  As buscas foram realizadas na residência e no estabelecimento comercial do vereador e na residência e construtora da arquiteta patobranquense.

De acordo com as investigações por parte do Ministério Público, o vereador e a arquiteta teriam procurado empresários propondo que em troca da contratação dos serviços da arquiteta conseguiriam atender a interesses dos empresários junto ao Plano Diretor que estava aguardando votação na Câmara Municipal de Palmas. Um dos empresários que não aceitou a proposta delatou ao Ministério Público que foi procurado pela dupla e recebeu a proposta.

Segundo o MP, a arquiteta investigada apresentou um “trabalho técnico” cinco dias antes da votação em 1º turno do Plano Diretor, sendo que o projeto fundamentou várias das emendas apresentadas e aprovadas pela Câmara Municipal.

Publicidade
Publicidade

O nome da operação faz referência ao software utilizado por engenheiros e arquitetos para elaboração de projetos, tendo em vista que a arquiteta elaborou trabalho para justificar a aprovação das modificações ao Plano Diretor, que supostamente atenderiam aos interesses de empresários.

Publicidade