Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
16 de abril de 2024
Rádios

Projeto do Lar dos Idosos em Palmas é apresentado na série “Fraternidade em Ação”

O material foi produzido pelo Grupo RBJ e Pascom Diocesana para a Pascom-Brasil e CNBB.

Geral

por Ivan Cezar Fochzato

lar
Publicidade

Canais da CNBB nas redes sociais apresentam um vídeo da série “Fraternidade em Ação” sobre a experiência: “A velhice e suas necessidades – Lar Nossa Senhora das Graças“, em Palmas( Diocese de Palmas e Francisco Beltrão)

O projeto atende 24 idosos e, em 2023, recebeu apoio do Fundo Nacional da Solidariedade (FNS) composto com recursos da Coleta  Solidariedade, que neste ano ocorre nas celebrações no Domingo de Ramos, dia 24 de março.

ÍNTEGRA

A série “Fraternidade em Ação” é desenvolvida pela Pascom-Brasil em parceria com o Setor de Campanhas da CNBB. Nos vídeos, são apresentados alguns dos projetos apoiados com os recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS).

Publicidade
Publicidade

No vídeo, com reportagem de Elvim Santos e imagens e edição por Juca Nunes, do Grupo RBJ de Comunicação para a Pascom Diocesana, o diretor-geral e padre Rudinei José Willers fala sobre o objetivo do projeto e como o apoio recebido do FNS permitiu equipar melhor a cozinha do lar e adquirir alimentação de qualidade para os idosos. “O objetivo principal deste projeto é oferecer para os idosos uma alimentação de qualidade, importante para a sua sua saúde”, disse.

Sobre a Coleta Nacional de Solidariedade, o padre chama a atenção que neste tempo Quaresmal e de conversão seja um tempo de pensar nos mais pobres e fragilizados.

“É um convite especial. Que possamos ter o coração aberto e colaborar com a Campanha da Fraternidade e também colaborar com inúmeros projetos que favorecem a população e, principalmente, os mais pobres e marginalizados”, conclamou o padre Rudinei. 

 

 

Publicidade
Publicidade

Conheça o Fundo Nacional da Solidariedade

Os recursos destinados a projetos sociais em todo o Brasil são oriundos da Coleta Nacional de Solidariedade, realizada anualmente no Domingo de Ramos, em todas as comunidades católicas do país. Este é o gesto concreto da Campanha da Fraternidade e forma dois fundos caritativos: o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) e o Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS), os quais têm por objetivo promover a sustentação da ação social da Igreja Católica do Brasil.

Dos valores arrecadados na Coleta Nacional de Solidariedade, 60% do total forma o FDS, em cada diocese. Os outros 40% são enviados para a CNBB, formando o FNS, gerido por um conselho gestor. Compõem este conselho o secretário-geral da CNBB, o presidente e o assessor da Comissão para a Ação Sociotransformadora, o ecônomo, o subsecretário adjunto geral, profissionais do Departamento Social, o secretário de Campanhas e um representante dos secretários executivos dos Regionais da CNBB.

Em 2023, a Campanha da Fraternidade 2023 foi refletida e vivenciada sob o tema “Fraternidade e fome”, diante da situação de retorno do país ao Mapa da Fome. Com três reuniões realizadas durante o ano, o Conselho Gestor do FNS aprovou 240 projetos, distribuindo R$ 6.577.799,88.

Saiba mais sobre os projetos apoiados pelo FNS.

Publicidade
Publicidade

Coleta Nacional da Solidariedade

No domingo, 24 de março, a Igreja celebra a Solenidade de Ramos, o portal para a entrada da Semana Santa. É nas celebrações deste fim de semana que acontece, nas comunidades eclesiais, missionárias e católicas do Brasil, a Coleta Nacional da Solidariedade.

O gesto concreto de oferta da Campanha da Fraternidade passa a compor os fundos diocesanos e nacional da Solidariedade e fortalece o braço da ação social e caritativa das Igrejas particulares do Brasil e da CNBB.

Publicidade