Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
22 de maio de 2024
Rádios

Projeto de lei em favor do queijo colonial é aprovado por unanimidade na Alep

Coordenador da Frente Parlamentar do Leite e proponente do PL, deputado Reichembach comemora conquista

AgriculturaEconomiaGeral

por Deise Bach

Imagem do WhatsApp de 2024-04-30 à(s) 14.22.49_0507bf1d
Publicidade

Na sessão plenária desta terça-feira (30), a Assembleia Legislativa do Paraná votou em segunda discussão e aprovou por unanimidade o projeto de lei nº 131/24, que declara o queijo colonial do Sudoeste do Paraná como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado. O PL, de autoria do deputado Reichembach (PSD), recebeu apoio de diversos parlamentares e teve sua importância ressaltada durante o pronunciamento do coordenador da Frente Parlamentar do Leite.

Reichembach enfatizou que a nova legislação agrega valor ao produto e reconhece o trabalho árduo dos produtores locais. Além disso, destacou que a lei será anexada ao processo junto ao Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) e ao Ministério da Agricultura em parceria com o Sebrae para registrar o queijo colonial do Sudoeste com IG (Indicação Geográfica), fortalecendo assim o turismo rural e melhorando a renda dos produtores.

O deputado também ressaltou a importância do selo Susaf para o desenvolvimento do setor, que ampliou o mercado do queijo e fortaleceu a produção de leite na região. Atualmente, o Sudoeste conta com aproximadamente 60 queijarias formais e cerca de 100 iniciativas com potencial de legalidade.

Publicidade