Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
13 de abril de 2021
Rádios

Prefeitura de Palmas prorroga autorização para atividades comerciais

Geral

por Guilherme Zimermann

WhatsApp Image 2020-04-11 at 09.36.19
Publicidade

O setor comercial de Palmas poderá seguir com suas atividades por mais uma semana. Decreto prorrogando a autorização para o funcionamento foi assinado pelo Poder Executivo do município nesta sexta-feira (17).

De acordo com o documento, o decreto 3.647, do dia 03 de abril, foi prorrogado, com as alterações promovidas por três decretos subsequentes, dentre eles o decreto 3.648, que autorizou a reabertura do comércio no último sábado (11).

Segue proibido, por tempo indeterminado, o funcionamento de casas noturnas, pubs, tabacarias, boates, casas de show e similares, além de bares; clubes, associações recreativas e afins, áreas comuns, playgrounds, salões de festas e piscinas; cultos e atividades religiosas ou espirituais que aglomerem pessoas, os quais deverão ser realizadas por meio de aconselhamento individual.

Os estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços seguem com suas atividades, mediante a observância de uma série de medidas sanitárias. Os estabelecimentos deverão limitar a entrada de pessoas em 50% da capacidade de público e respeitar a distância mínima de 1,5 metro entre cada pessoa, mantendo o número mínimo de colaboradores possível, estabelecendo escalas de trabalho, se possível.

Publicidade
Publicidade

Deverão ser adotadas medidas internas, especialmente na área da saúde, com a disponibilização de EPI (Equipamento de Proteção Individual), álcool em gel e material para realizar a aferição da temperatura corporal em seus colaboradores.

Superfícies suscetíveis ao toque, como carrinhos, cestos, cadeiras, maçanetas e outros, deverão ser higienizadas periodicamente, assim como pisos e banheiros, que deverão passar por limpeza a cada três horas, durante o horário de funcionamento.

Outra medida determinada no decreto é a obrigatoriedade no uso de máscaras, por toda a população. O material deverá ser utilizado para embarque no transporte público coletivo e acesso ao terminal; para uso de táxi ou transporte compartilhado de passageiros; para acesso aos estabelecimentos considerados como essenciais (supermercados, mercados, farmácias, entre outros); para acesso aos demais estabelecimentos comerciais; para o desempenho das atividades em repartições públicas e privadas.

O Executivo orienta que poderão ser usadas máscaras de pano, como tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente, conforme orientações do Ministério da Saúde.

Publicidade
Publicidade

O novo decreto entra em vigor neste sábado (18), prorrogando a autorização para as atividades comerciais por mais sete dias, podendo ser prorrogado ou revogado de acordo com a necessidade, inclusive restabelecendo medidas de decretos anteriores e tornando-as mais rigorosas.

Publicidade