Durante entrevista coletiva realizada na tarde desta terça-feira (19), o prefeito de Pato Branco, Agostinho Zucchi (PDT) exonerou o Secretário Municipal de Administração e Finanças, Vanderlei José Crestani. A decisão ocorreu após a Operação Hígia ser deflagrada em Pato Branco, Clevelândia e Saudade do Iguaçu.

+Durante coletiva, delegados revelam detalhes da investigação que originou a “Operação Hígia”

+Operação Hígia: Prefeitura de Saudade do Iguaçu emite nota oficial

“Infelizmente é a decisão que nós temos que tomar”, comentou Zucchi ao destacar também, “conheci na minha vida pouquíssimas pessoas com tamanha capacidade, Pato Branco deve muito ao Crestani, vai ter saudade. Com todo respeito que tenho por todos os lugares onde passei, é difícil alguém para fazer o que ele faz, com conhecimento técnico. Tenho confiança na inocência dele”.

Outro funcionário exonerado foi Ademir Vendruscolo. “Nada nos impede de fazer uma sindicância, tendo em vista as coisas relatadas pela polícia. Então já fizemos uma portaria solicitando a sindicância para o Ademir”. Frisa Zucchi.