Na noite de terça-feira (26), durante a realização da 14ª Sessão Ordinária da Câmara de Chopinzinho, foi deferida a Indicação nº 024, de autoria dos vereadores Marcos Monteiro, Nereu Hengen, Jacir Salmória e José Ângelo Foppa.

Os Vereadores solicitam, à Secretaria competente, a realização de estudos de viabilidade para modificar o sentido do tráfego, estabelecendo mão única (sistema binário) nas seguintes vias públicas: Presidente Dutra, Sete de setembro, Voluntários da Pátria, Diogo Antônio Feijó, Afonso Pena, Padre Anchieta e Antônio Vicente Duarte, nos trechos compreendidos entre a Rua Frei Everaldo e Rua Quatorze de Dezembro, área central da cidade.

De acordo com a justificativa constante na Indicação, o pedido visa organizar o trânsito municipal, ampliar o número de vagas para estacionamento e garantir maior mobilidade e segurança aos pedestres e motoristas. Segundo os Vereadores, com o sistema binário, o motorista que deseja chegar a um local que já tenha passado, deve usar outras vias para fazer o devido retorno, o que pode trazer inconvenientes para algumas pessoas, porém, melhora, consideravelmente, o fluxo viário, pois garante que o tráfego flua mais rápido e, ainda, simplifica as interseções, reduzindo o risco de acidentes. A medida é importante para acompanhar o crescimento da Cidade, de forma ordenada, evitando agravamentos futuros para o trânsito municipal.

Um dos autores, vereador Marcos Monteiro, durante o uso da palavra, justificou a indicação. “Conversando com alguns vereadores sobre a questão do trânsito em Chopinzinho, chegamos ao consenso de fazer um pedido à Administração Municipal quanto à mudança no sistema de trânsito aqui do Município, mais particularmente, nas ruas que são paralelas à Câmara de Vereadores, só paras as pessoas entenderem não é na rua quinze e nem na quatorze, são as ruas que interligam essas duas vias principais à área central de Chopinzinho. Para as pessoas terem ideia do trânsito de Chopinzinho, um município que tem, aproximadamente, 20 mil habitantes, passa de 13 mil veículos, é muito coisa para um município de pequeno porte e que não está pronto com a sua estrutura para absorver todo esse trânsito. Quando chove, há um aumento muito grande de pessoas com seus veículos e não tem vaga na área central. Então, o que estamos propondo é que a gente essas ruas que fazem as ligações entre as ruas quinze e quatorze passem a funcionar em sistema de mão única, com estacionamento dos dois lados. Nós fizemos um cálculo e somando, somente, aqui na rua da Câmara teríamos de 10 a 12 vagas a mais. Então, se somarmos todas as ruas, acredito que vai dar, aproximadamente, 100 vagas a mais na área central de Chopinzinho, entendemos que vai criar um pouco de transtorno, mas o trânsito vai ficar mais organizado e com mais vagas”, disse Marcos.

Da redação, com informações da assessoria

Foto: Edson Zuconelli/Extra FM