Como é de conhecimento da população, no último ano de cada gestão, as Câmaras de Vereadores precisam definir o valor dos salários de vereadores, secretários municipais, vice-prefeito e prefeito para a gestão seguinte, nesse caso 2021/2024. Em Candói, no Centro Sul do Estado, o assunto já está sendo discutido.

Em entrevista à Extra FM, o presidente do Poder Legislativo, Valter Oliveira da Luz (PTB), afirmou o objetivo é reduzir os salários, exceto do prefeito que precisa estar equiparado com os vencimentos dos médicos contratados pelo município. Segundo ele, a proposta foi unanime entre os atuais vereadores, diferente da gestão passada do legislativo, quando a maioria foi favorável pelo reajuste, exceto ele e os colegas Celso Turok e Sandra dos Santos. Com a redução proposta para a próxima gestão, a estimativa é de uma economia de quase R$ 2 milhões dos cofres públicos.

Esse recurso, segundo Valter Oliveira da Luz, poderá ser revertido em obras e ações na área de saúde, visto que a próxima administração será afetada diretamente pela queda na arrecadação por conta da pandemia da Covid-19. “A gente se preocupa muito principalmente com a saúde do nosso povo, por isso reuni os vereadores pra gente discutir a questão e chegamos ao bom senso, todos concordaram em reduzir os vencimentos entendendo o momento difícil que estamos passando. Minha intenção é de diminuição dos salários, por exemplo, do prefeito não tem como diminuir por que precisa ser igual ao que recebem os médicos”, disse.

A votação para sacramentar a redução deve ocorrer ainda no primeiro semestre, ou seja, até o final do mês de junho, por conta do período eleitoral e também o início do recesso parlamentar na Câmara Municipal.

Ouça entrevista…