A Rádio Onda Sul FM, abre espaço em sua programação jornalística para receber os prováveis candidatos a prefeito de Francisco Beltrão nas eleições de 2020, que irão eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. A intenção da emissora é desde já, promover um debate e tornar a população ciente dos prováveis nomes e propostas.

O quadro “Os Prefeituráveis” vai ao ar nas sextas-feiras, as 09h00 e cada convidado terá direito a 10 minutos de entrevista, com a oportunidade de responder dois questionamentos. O primeiro entrevistado, na semana passada, foi o Cirurgião Dentista, Eduardo Scirea.

Nesta sexta-feira (14), o Professor e Vereador, Aires Tomazoni – que foi candidato a Deputado Estadual nas últimas eleições – manifestou a vontade de se candidatar.

– O senhor gostaria de disputar eleição para Prefeito?

“Sim, faço uma resposta clara e franca, mas claro que essa resposta também depende do meu partido, com o qual já tivemos várias conversas e também deve ter o indicativo da população de Francisco Beltrão”. Ele enfatiza que esses momentos são fundamentais, “se a população entender que o nosso nome pode contribuir para a cidade que gostamos e que moramos, eu estarei a disposição”.

Tomazoni, que já é Vereador pela 2ª vez, destaca que a alternância de poder é fundamental, e afirma que não será mais candidato ao cargo de Vereador.

– Caso seja eleito Prefeito de Francisco Beltrão, o que o senhor acha que o município está precisando hoje?

  • Compartilhe no Facebook

Aires Tomazoni (MDB) foi entrevistado pelo jornalista Luiz Carlos Baggio nesta sexta-feira (14). Foto: Divulgação Onda Sul

“Primeira coisa é trabalhar falando a verdade. Nós queremos ter uma proposta clara, uma proposta de melhoria. Na minha avaliação não tem milagres na administração pública porque os recursos são menores do que as demandas. Então temos que fazer uma administração que realmente vem de encontro ao que a população precisa, discutindo com o povo e definindo prioridades”.

Segundo ele, que é professor de formação, a educação é uma das alavancas de qualquer município. “A educação no sentido da infraestrutura das escolas, da formação continuada, da formação do cidadão e a educação no sentido do profissional, de parcerias com o Sesi, Senac, a Escola Oficina que trabalha aqui em Beltrão, por exemplo, com a formação dos jovens nos cursos profissionalizantes. Nós temos uma cidade polo, temos uma cidade universitária onde forma muita gente a nível de 3º grau e nós precisamos trabalhar a nível médio e pós médio. Nossos jovens de 16 a 22 anos precisam de apoio da administração pública para se transformar em um profissional e dar o primeiro passo rumo ao ensino superior. Então a educação será a base”. Tomazoni ainda disse que, “a educação puxa a saúde, porque um povo que tem cultura e conhecimento, se cuida mais”.

Outro setor destacado pelo prefeiturável, foi a agricultura. “Temos que ter uma prioridade nas estradas do interior, melhorar as principais vias e os acessos as propriedades que produzem, geram riquezas e trazem os alimentos e que muitas vezes são deixadas de lado. Além da assistência técnica, uma Secretaria de Agricultura que desenvolva o nosso interior “.

Confira o áudio da entrevista na íntegra: