O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) emitiu parecer prévio pela aprovação das contas de 2014 do Executivo do município de Palmas, sul do Paraná. Por outro aspecto aplicou multa de R$ 2.857,50 ao ex-prefeito, Hilário Andraschko(PDT) pelo atraso na alimentação dos dados relativos ao encerramento do exercício daquele ano. A sentença não é definitiva, cabendo recurso da decisão.

Conforme o órgão de controle de contas do Paraná, ficou constatado um atraso de 24 dias no repasse dos dados ao Sistema de Informações Municipais, para acompanhamento mensal do TCE/PR. No todo do exercício e após análise dos documentos, os conselheiros emitiram pela regularidade das contas do ex-prefeito.Os conselheiros aprovaram por unanimidade o voto do conselheiro relator,  Nestor Baptista.

Após o trânsito em julgado do processo, o parecer prévio do TCE-PR será encaminhado à Câmara Municipal de Palmas. A legislação determina que cabe aos vereadores o julgamento das contas do chefe do Executivo municipal. Para desconsiderar a decisão do Tribunal expressa no parecer prévio são necessários dois terços dos votos dos vereadores.