A eleição da Mesa Diretora da Câmara de Palmas, sul do Paraná, neste dia primeiro de janeiro, terá a disputa entre duas chapas. Na manhã deste sábado (31) o vereador eleito, Rafael Bosco(DEM) confirmou que é candidato à presidência. Ontem, o vereador Edson Ferreira Kemes(PDT) confirmou que também vai para a disputa.

Disse que está preparado para assumir o Legislativo, pois desde a sua eleição já tinha essa intenção em algum ano da legislatura. Outra motivação foi que nas propostas de campanha, sempre defendeu a renovação da Câmara, pois os eleitores não concordam com os acontecimentos durante esta legislatura.. “As urnas mostraram isso”, frisou Bosco.

Ressaltou que como estudante de Direito sempre esteve atento às questões políticas e após a eleição compareceu as sessões do Legislativo e buscou se informar sobre os trabalhos a serem desempenhados por uma Câmara de Vereadores.

Salientou que há 50 dias vem sendo discutida a direção do Poder Legislativo e afinada a conversa entre sete vereadores, sendo seis eleitos pela primeira vez. A princípio, o indicado do grupo para este primeiro ano seria o do vereador Luis Otávio Sendeski, mas houveram novas configurações  recaindo sobre seu nome a indicação. “A gente acredita que possa fazer um bom trabalho. Não tenho a pretensão de comandar sozinho, e sim com o grupo”.