A Câmara de Palmas vota nesta segunda-feira (04), projeto de resolução que altera o sistema de concessão de diárias para cursos na Casa.

A proposição, de autoria dos vereadores Jucélia Paim (PSD) e Izaias Mikilita (Republicanos), visa extinguir diárias para a realização de cursos por parte dos servidores comissionados. Para os vereadores, a proposta prevê a liberação de uma diária para curso por ano. Para servidores efetivos, poderão ser liberadas até três diárias ao ano.

Salienta o projeto, que as diárias de representação serão mantidas, com um limite mensal de cinco diárias ao mês. O valor da diária para vereadores e funcionários para deslocamentos a outros Estados segue com o valor de R$ 630,00. Para viagens para outros municípios do Paraná, a diária será de R$ 475,00. Já para deslocamentos dentro do Sudoeste do Estado, a diária será de R$ 200,00. O projeto entrará em 1ª votação na Câmara.

Os vereadores votarão ainda, também em 1ª discussão, projeto que dispõe organização e controle das ações do Sistema de Vigilância em Saúde Ambiental, estabelecendo novas normas no Código Municipal de Direito e Bem-Estar Animal.

Passarão por 2ª votação, projetos que dispõem sobre alterações no Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, que denomina rua no bairro Klubegi e que institui o Dia do Profissional de Saúde no município. A 9ª Sessão Ordinária do ano, que acontece a portas fechadas, respeitando recomendações de órgãos de saúde para o enfrentamento ao coronavírus, tem inicio às 19h, com transmissão pela Rádio Club e pelo RBJ.com.br.