Os professores ACT’s (Admitidos em Caráter Temporário) do município de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina, que paralisaram suas atividades na quinta-feira (04), decidiram suspender a greve.

A decisão ocorreu no final da tarde,  após o Poder Executivo apresentar proposta aos grevistas. Na próxima terça-feira (09), os servidores s reunirão em Assembleia para discutir novamente a questão.

O movimento se originou após corte do pagamento da Regência de Classe aos ACT’s. Os servidores reivindicam a continuidade do pagamento da Regência de Classe no percentual de 20%. No fim do mês de novembro um edital foi lançado pela prefeitura cortando o valor nos ganhos dos Professores ACT’s.

O SITESPM-CHR (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Chapecó e Região) afirma ter protocolado requerimento, solicitando que a Secretaria de Educação voltasse atrás da decisão, mas o pedido não foi atendido. Os servidores realizaram mobilização em frente à prefeitura durante toda a quinta-feira.