A Câmara de Vereadores de Palmas, na 39ª Sessão Ordinária, realizada na segunda-feira (18), aprovou as contas da prefeitura municipal relativas à 2017.

Parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado recomendava a aprovação das contas com ressalvas “em razão do saneamento de impropriedade no curso da instrução processual e da entrega com atraso dos dados do SIM-AM (Sistema de Informação Municipal)”.

O parecer previa ainda a aplicação de multa administrativa ao prefeito Kosmos Nicolaou, “pela entrega extemporânea dos dados do SIM-AM”.