Após duas semanas de muitas polêmicas, a presidente da Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, Elenir Maciel (PP), repensou e desistiu de comprar um novo carro para o legislativo. A ideia era sustentada desde o início do ano, mas ganhou força recentemente devido ao conjunto de aquisições feitas para os vereadores, como plano de celulares e contratação da agência de publicidade.

“Conversamos com a equipe e vamos acatar a decisão judicial. Com base nisso também resolvemos antecipar a revogação em definitivo do processo licitatório”. Diz Elenir.

A proposta era comprar nesta semana, um carro modelo SUV, cujo valor poderia chegar a R$ 127 mil. Noticiado pela Rádio Onda Sul FM, o debate tomou grandes proporções. Manifestações contrárias a compra ganharam força nas mídias sociais e mobilizou entidades.

No fim da tarde de segunda-feira (08), uma Ação Popular contra a aquisição do veículo foi protocolada na 2º Vara de Justiça de Francisco Beltrão, a qual acatou a liminar, suspendendo temporariamente a licitação.

O Advogado Dilamar Santolin Santini, foi um dos responsáveis por entrar com a Ação na justiça, “o que chamou a atenção é o carro de luxo com um valor considerável. Tem veículos bem mais baratos, com a metade do valor que atenderia a necessidade do legislativo”.

“É lamentável. Mas eu não pretendo mais fazer essa aquisição”. Comenta a presidente da casa.