Em reunião na tarde de quinta-feira (12), o prefeito de União da Vitória, Sul do Paraná, Santin Roveda, revelou que as dívidas do município ultrapassam R$ 48 milhões, enquanto o caixa da prefeitura contabiliza cerca de R$ 450 mil para a utilização imediata por parte do Executivo.

Reconheceu que, conforme anúncio da administração anterior, assumiu a prefeitura com R$ 2 milhões em caixa, no entanto, mais de R$ 1 milhão são recursos carimbados, destinados exclusivamente para áreas pré determinadas.

Na oportunidade, Roveda apresentou registros fotográficos de prédios e espaços públicos, como o Parque de Exposições, Parque Ambiental, ginásio de esportes, estádio municipal, pátio de máquinas e cemitérios municipais, tomados pelo mato, sem manutenção e alvos de vandalismo.

Também apresentou a situação da frota de veículos do município que, segundo avaliação da equipe de governo, mais da metade não tem condições de rodar por falta de manutenção.