A competência para a conservação da PR 912 é do Governo, disse o prefeito de Coronel Domingos Soares, Valdir Vaz (PP) ao RBJ se referindo ao atoleiro que se formou em determinados trechos da via, devido às chuvas das últimas semanas. Segundo ele a única coisa que pode fazer é cobrar que a rodovia recebe a devida atenção do DER.

Tratou o assunto como “caso sério” relatando o descaso das autoridades competentes a cerca da situação. Segundo Vaz, inúmeras foram as ligações para o escritório do DER em Pato Branco e as desculpas sempre são as mesmas, ou não tem maquinário ou não tem óleo diesel.

Devido à situação o prefeito contou que tratou do assunto com deputados em Curitiba e aguarda respostas até a próxima semana “uma das soluções apontadas foi colocar o maquinário da prefeitura para realizar o serviço de Coronel Domingos Soares até a Ponte do Chopim o que não foi aceito” finalizou

Para entrar ou sair do município o único acesso em condições é a estrada do travessão pela PR 449, aumentando o trajeto em mais de 40 km. A PR 912 é um dos principais acessos para o transporte da safra agrícola, pecuária, de matérias primas para a indústria da madeira e da produção já industrializada. O município domingossoarense é um dos poucos em que a ligação rodoviária ainda é por terra.